Maresia-Mar

Este blog será parte de mim, o encontro de amigos e emoções. Serei eternamente criança, azul de alma e coração... O mar, o meu refúgio, o meu porto seguro!

domingo, março 14

Deixa a janela aberta...



Um jovem poeta vivia só, fechado numa torre de marfim que tinha apenas uma janela e que permanecia sempre fechada.
Vivia triste.
Todos os dias fazia perguntas sem respostas acerca do mundo, da vida, do homem, da alma, de Deus... E acabava sempre por se refugiar no mundo irreal e maravilhoso da fantasia.
Imaginava espectáculos extraordinários de beleza ou de crueldade, sonhava em coisas impossíveis de realizar.
Mas também este mundo fantástico o aborrecia e cada vez se sentia mais triste.
Uma tarde, estando a escrever umas linhas, notou sobre uma folha branca um ponto negro. Observou-o de perto e viu... que se movia.
Seguiu-o até à margem da folha, tentou agarrá-lo mas ele escapou-se-lhe.O ponto subiu para a janela fechada.
O poeta levado pela curiosidade, abriu a janela de par em par.
O ponto saiu e continuou a sua marcha pelo céu azul.
O poeta seguiu-o com o olhar, até que este se perdeu no infinito.
A janela ficou aberta e o poeta sorriu.
===
Este conto pode servir de sensibilização para a necessidade que as pessoas têm de não se fecharem nos seus castelos e abrirem as janelas e as portas aos outros. Tenhamos a coragem de arriscar!!!!
===
Deixo-vos milhões de sorrisos... Façam o favor de serem felizes.
Beijos
Quina

14 Comentários:

Às 15 março, 2010 , Blogger Maria disse...

Eu tenho sempre a janela aberta... e tento sorrir sempre. Se não o faço em dias cinzentos faço-os em noites aconchegantes...

Beijinho, Quina.

 
Às 15 março, 2010 , Blogger Secreta disse...

É sempre priciso abrir a janela do coração , da alma... e deixar a vida fluir!
Beijito :)

 
Às 16 março, 2010 , Blogger Agulheta disse...

Querida amiga! Pela minha parte o meu sorriso esta aberto de orelha a orelha.Sei que muito tem necessidade dele,para os aconchegar,nem que seja como um simples olhar.Gostei de ler e podemos reflectir,nas palavras.Obrigada pela visita,venho ver se escreves,mas estás no coração.
Beijinho e tudo de bom Lisa

 
Às 18 março, 2010 , Blogger BlueShell disse...

Por vezes "fechamo-nos" para nos protegermos...é um escudo....
Um bj
BShell

 
Às 18 março, 2010 , Blogger Brancamar disse...

Que bom que voltaste!
Já tinha saudades!
Este conto é muito lindo e mostra bem o teu epírito.
É uma lição muito importante para a vida.
Beijinhos para ti.
Branca

 
Às 19 março, 2010 , Blogger mar e sol disse...

Está aberta q.b. - o suficiente para o Sol passar através dela e o vento levar as folhas que secam e nem damos conta...e...não nos esqueçamos de ser felizes!...
Beijo grande

 
Às 22 março, 2010 , Blogger Secreta disse...

Beijito...

 
Às 31 março, 2010 , Blogger lua prateada disse...

FELIZ PÁSCOA!...
Olá...............passei para te convidar para minha festa!passa lá e te diverte...Obrigada pela presença...Beijo de prata

SOL

 
Às 18 abril, 2010 , Blogger greentea disse...

o poeta não sabia que quando Deus fecha uma porta , abre sempre uma outra janela ??

 
Às 25 abril, 2010 , Blogger Vieira Calado disse...

Os poetas são cá

"uns pontos"!

Beijinho

 
Às 28 maio, 2010 , Blogger 文章 disse...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
Às 09 junho, 2010 , Blogger greentea disse...

gosto sempre de todas as janelas abertas !!!

 
Às 02 outubro, 2010 , Blogger Uma estrela errante disse...

Olá minha linda,

adorei este momento de reflexão..sim sempre a janela aberta apesar que há vezes está meia aberta:(
Beijo e mil sorrisos

Isa

 
Às 31 outubro, 2010 , Blogger Luiza Jardim disse...

Adorei o texto! Parabéns

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial