Maresia-Mar

Este blog será parte de mim, o encontro de amigos e emoções. Serei eternamente criança, azul de alma e coração... O mar, o meu refúgio, o meu porto seguro!

segunda-feira, maio 22

Aurora Boreal

Tenho quarenta janelas
nas paredes do meu quarto.
Sem vidros nem bambinelas
posso ver através delas
o mundo em que me reparto.
Por uma entra a luz do Sol,
por outra a luz do luar,
por outra a luz das estrelas
que andam no céu a rolar.
Por esta entra a Via Láctea
como um vapor de algodão,
por aquela a luz dos homens,
pela outra a escuridão.
Pela maior entra o espanto,
pela menor a certeza,
pela da frente a beleza
que inunda de canto a canto.
Pela quadrada entra a esperança
de quatro lados iguais,quatro arestas,
quatro vértices,quatro pontos cardeais.
Pela redonda entra o sonho,
que as vigias são redondas,
e o sonho afaga e embala
à semelhança das ondas.
Por além entra a tristeza,
por aquela entra a saudade,
e o desejo, e a humildade,
e o silêncio, e a surpresa,
e o amor dos homens,e o tédio,
e o medo, e a melancolia,
e essa fome sem remédio
a que se chama poesia,
e a inocência,e a bondade,
e a dor própria, e a dor alheia,
e a paixão que se incendeia,
e a viuvez, e a piedade,
e o grande pássaro branco,
e o grande pássaro negro
que se olham obliquamente,
arrepiados de medo,
todos os risos e choros,
todas as fomes e sedes,
tudo alonga a sua sombra
nas minhas quatro paredes.
Oh janelas do meu quarto,
quem vos pudesse rasgar!
Com tanta janela aberta
falta-me a luz e o ar.
- António Gedeão-
Por vezes a gente sente-se assim, mesmo rodeados de pessoas sentimo-nos sós, mesmo rodeados de sorrisos, sentimo-nos tristes, mesmo tendo tudo, sentimos falta do nada, mesmo livres, sentimo-nos prisioneiros.. seria tão fácil mudarmos as coisas, mas nem sempre queremos, preferimos ficar "fechados" no nosso mundo, buscando não sei o quê...Eu hoje estou assim, mas isto é só um estado de espírito que concerteza vai passar logo logo, a culpa foi do fim de semana e todo o resto que se passou, mas a vida é assim, o nascimento e a morte é o que temos de mais certo.Beijos para todos

31 Comentários:

Às 22 maio, 2006 , Blogger AS disse...

Um belo poema do Gedeão, que complementa na perfeição o fim de semana triste que tiveste. Mas é como dizes... todos passamos por esses momentos e não nos resta senão reagir e pensar que amanhã de novo nascerá o sol...

Um beijo

 
Às 22 maio, 2006 , Anonymous Mily disse...

Ah, minha amiguinha linda! Infelizmente não há mesmo, nada a fazer, quando somos invadidos por esse estado de espírito melancólico, deprimente, entristecido. O sorriso dos outros não consegue despertar o nosso e a alegria alheia não contagia a nossa, que fica escondidinha numa dobra da alma, acometida do cansaço de existir. Ficamos assim, reféns de uma tristeza que nenhuma força externa consegue dissolver. Uma imensa compaixão por nós mesmos apodera-se de nós. Sentimo-nos frágeis e desanimados perante tudo e todos. E mesmo sabendo que nenhum auxílio virá de fora, recusamos buscar ajuda interior em fontes que sabemos existir, mas que no momento não nos apetece recorrer. É como se necessitássemos exercitar nosso lado masoquista... e deixamos que a auto-comiseração se expanda sem limites.

Até que chega um belo momento, e sem mesmo nos darmos conta de como tudo aconteceu, notamos que o sorriso começa a esboçar-se devagar... que a alegria despertou dentro de nós... e que a tristeza, nem sabemos mais onde ela está.

Parece mágica, meu anjo! E voltamos a nos integrar, a sorrir no sorriso dos outros, a reinventar nossas alegrias na alegria alheia, e voltamos novamente a ver cores e brilhos dentro de nós.

Mas tudo tem seu tempo... tudo devagar!

E se agora é o tempo do teu recolher... logo se fará o tempo do teu desabrochar!

Falei o óbvio, não foi meu anjo?
(risos)

Não importa! Quis apenas que soubesses que apesar da imensidão do mar a nos separar, existe uma imensidão de ternura no meu coração, um ombro amigo, e mãos para afagar teus cabelos... se precisar!

Ficam beijos ternos, ficam meus sorrisos, ficam as flores para teu colo enfeitar!

 
Às 22 maio, 2006 , Blogger Adryka disse...

Querida também tu, e logo tu que considero a rainha da alegria:) afinal o que se passa. O que tens amiga.
Bem vamos por um pouco de pimenta nisto, lamento mas o ABC era melhor;).Beijokas linda espero que nada de mal te esteja aacontecer. Beijinhos querida

 
Às 22 maio, 2006 , Blogger Elise disse...

muitos beijos para ti e para a tua amiga.

 
Às 23 maio, 2006 , Blogger dakidali disse...

Há dias assim. Arriba.
Beijinhos

 
Às 23 maio, 2006 , Blogger Micas disse...

Sem mais palavras porque nestes momentos não fazem mt sentido, deixo-te um abraço e um beijo apertados.

 
Às 23 maio, 2006 , Blogger greentea disse...

adormece tranquilamente deixando-te voar
e acompanha as danças os espiritos de LUZ que trazem com eles energis curadoras

um beijo para ti

 
Às 23 maio, 2006 , Anonymous Carlos disse...

Sem meias palavras
perguntas-me o que quero
e eu, como gata selvagem...
Digo-te tudo o que queres saber
Mas antes...engulo-te inteiro
Sem nada te dizer.

 
Às 23 maio, 2006 , Blogger greentea disse...

ainda não tinha acabado o post que tem duas fases...

se quizeres lá ir ver agora...

beijos e um bom dia para ti

com sabor a maresia

 
Às 23 maio, 2006 , Anonymous mar disse...

Todos nós passamos por esses estados de espírito, pq afinal a vida é isso mesmo. A minha Avó, costumava dizer que a vida era como uma roda, ora andava para a frente, ora andava para trás.
Eu prefiro dizer que é como uma sinusoide... :)
Mas espero sinceramente que já te sintas mais animada
beijinhossssssssss

 
Às 23 maio, 2006 , Anonymous Anónimo disse...

Amanha o sol ja vai brilhar e aquecer um pouco mais...
Beijinhos e um sorriso muito especial.
Virginia

 
Às 23 maio, 2006 , Blogger Tom, um ser diferente... disse...

Olá!
Muito obrigado pela sua visita ao meu blog e ao carinho do seu comentário.
Li o seu "post" de hoje e gostaria de te dedicar um "post" do meu blog. Coloco abaixo o link para que você leia e espero que goste do que vai encontrar lá.
Forte abraço,
Tom
LINK: APRENDA SEMPRE!
http://umserdiferente.blogspot.com/2006/04/aprenda-sempre.html#links

 
Às 23 maio, 2006 , Blogger Terra & Sal disse...

Olá:)
Desculpa ter entrado sem pedir, mas vi alguma tristeza e solidão na entrada da tua porta que estava encostada e entrei, e agora aproximo-me de ti.

Não deves perder tempo à espera do amanhã, para ficares bem disposta.
Nada que não se resolva com uma caminhadinha, de meia hora, junto ao mar, apanhando a "maresia" fresca.

Temos de a deixar penetrar plenamente e sem constrangimentos, por que ela é um bálsamo que entra em todos os pontos vitais, e vais ver que ficas muitíssimo bem.

Faz isso quando estiveres com esse espírito e depois diz-me alguma coisa.

Andamos por aqui a gozar umas férias que a morte nos concedeu.
Não há por isso tempo a perder ou a desperdiçar.

Um minuto que se perca, é uma perda valiosa que jamais recuperaremos.

Temos de considerar a nossa "luazita" um contratempo, que temos de saber ultrapassar, e há sempre soluções, milhentas soluções, e é nosso dever saber encontrá-las.

Gostei de cá estar, desculpa lá a intromissão...
Mas gosto de ver toda a gente a gozar o tempo concedido da melhor forma, e sempre, mas sempre com a melhor disposição.
Tens um Blog lindo.

Beijinhos para ti

 
Às 23 maio, 2006 , Blogger BlueShell disse...

tenho dias assim.

Grata pela partilha!

Quem me dera poder dar-te um enorme abraço
BShell
0o0o0o0o0o0o0o0o0o0o0o0o00o0o0o0oo0o0

 
Às 24 maio, 2006 , Blogger Menina_marota disse...

Vim deixar-te um abraço, porque me apetece simplesmente abraçar aqueles de quem gosto na Blogosfera.

Tem uma feliz noite ;)

 
Às 24 maio, 2006 , Blogger Elise disse...

ola amiga, como estás?
estou um pouco doente, constipada. :(

beijocas

 
Às 25 maio, 2006 , Blogger reflexoes depois disse...

Melhor é qdo só nos sentimos acompanhado... de nós mesmos e de Deus! Beijos

 
Às 25 maio, 2006 , Blogger Isa&Luis disse...

Olá, bom dia, menina linda
uma boa escolha o poema que nos deixa a refletir.

Sorri! A vida é bela!

Um dia repleto de sol no teu coração

beijinhos

Isa

 
Às 25 maio, 2006 , Anonymous Princesa disse...

Ha que haver momentos menos bons...para sabermos apreciar e colorir os melhores!

Grande beijo e obrigada pela escolha do poema...
Princesa

 
Às 26 maio, 2006 , Anonymous fa disse...

Olá kida,o poema ilustra bem o teu estado de alma,a vida é mesmo assim nós é que nunca estamos preparados,mas temos que seguir em frente,o sol nasce todos os dias, o teu sorriso,alegria e boa disposição, que me fazem tão bem, estarão aí novamente e ainda com mais brilho.
Milhões de SORRISOS!
Milhões de ALEGRIAS!
Milhões de pequenas coisas que te façam FELIZ!
BEIJOSSSSSSSSSSSSS

 
Às 26 maio, 2006 , Anonymous Dread disse...

Olá Maresia, foste muito cedo dar-me os parabéns, agora já tem um post que eu coloquei :) e tu foste cedo de mais...ai estes adultos a trocar-me as voltas. Beijinhos amiga

 
Às 26 maio, 2006 , Blogger a lice disse...

Um bom fim-de-semana!:)

**

 
Às 27 maio, 2006 , Blogger lazuli disse...

vem cai ver bailar meu coração...

Não resisti a cantarolar uma das mais belas canções duma das mais belas vozes portuguesas.

*

 
Às 27 maio, 2006 , Anonymous Mily disse...

Passando em busca de nova postagem... não encontrando, deixo beijos, sorrisos e flores, para o teu fim de semana. Tudo de bom, meu anjo! Te gosto muito!

 
Às 27 maio, 2006 , Anonymous Carlos disse...

http://vagueandoporti.blogspot.com/


Não gosto de dormir sozinho...



Lembro dos teus braços ao meu redor.

Da tua respiração na minha nuca...

Da tuas mãos me acariciando...

De nos amando...



Não gosto de dormir sozinho...



Lembro dos teus carinhos

De me sentir amado

Do passar das tuas mãos pelo meu corpo

Pelo meu rosto,

Do teu olhar o meu jeito.



Não gosto de dormir sozinho...



Quero estar contigo,

Quero sonhar teus sonhos.

Quero amar-te, quero que me queiras.

Quero viver contigo.



Não gosto de dormir sozinho...

 
Às 28 maio, 2006 , Anonymous batista filho disse...

Nesse preciso momento que te escrevo, são 00:47 h., de domingo. Ouço "dust in the wind", de Sara Brightman.
Releio tua postagem com muita emoção.
Boa noite, amiga. Que o bom Deus proteja a ti e aos teus familiares.

 
Às 28 maio, 2006 , Blogger Adryka disse...

Olá menina linda, porque será que gosto tanto de vir aqui, seré pelo cor de rosa:). Beijokas minha querida amiga

 
Às 28 maio, 2006 , Blogger dreams disse...

às vezes não sabemos porque nos sentimos desta maneira, mas é bom fazer uma introspecção... aprendemos a conhecermo-nos melhor... e então, há que tomar as rédeas do destino e lutar pelo que queremos...

não fiques triste nem no silêncio muito tempo... sorri, porque chorar é demasiado fácil...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

 
Às 28 maio, 2006 , Anonymous batista filho disse...

Bom domingo, amiga. Um abraço.

 
Às 29 maio, 2006 , Anonymous Anónimo disse...

Dói......Sofre-se imenso......quando nos sentimos sós, estando acompanhada....sei quanto!!! Tudo de bom para ti. Becitos da
Intemporal.blogs.sapo.pt

 
Às 07 fevereiro, 2007 , Anonymous Anónimo disse...

Enjoyed a lot! » » »

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial