Maresia-Mar

Este blog será parte de mim, o encontro de amigos e emoções. Serei eternamente criança, azul de alma e coração... O mar, o meu refúgio, o meu porto seguro!

segunda-feira, maio 29

Criança...










Entrei apressado e com muita fome no restaurante. Escolhi uma mesa
bem afastada do movimento, pois queria aproveitar os poucos minutos
que dispunha naquele dia atribulado, para comer e consertar alguns bugs de programação de um sistema que estava desenvolvendo, além
de planear minha viagem de férias que há tempos não sei o que são.
Pedi um filé de salmão com alcaparras na manteiga, uma salada e um suco de laranja, afinal de contas fome é fome, mas regime é regime né?
Abri meu notebook e levei um susto com aquela voz baixinha atrás de mim:
- Tio, dá um trocado?
- Não tenho, menino.
- Só uma moedinha para comprar um pão.
- Está bem, compro um para você.
Para variar, minha caixa de entrada está lotada de e-mails. Fico distraído vendo poesias, as formatações lindas, dando risadas com as piadas malucas.
Ah! Essa musica me leva a Londres e às boas lembranças de tempos idos.
- Tio, pede para colocar margarina e queijo também.
Percebo que o menino tinha ficado ali.
- Ok. Vou pedir, mas depois me deixe trabalhar, estou muito ocupado, tá?
Chega a minha refeição e junto com ela meu constrangimento. Faço o pedido do menino, e o garçon me pergunta se quero que mande o garoto ir embora.
Meus resquícios de consciência, me impedem de dizer. Digo que está tudo bem. Deixe-o ficar. Que traga o pão e, mais uma refeição decente para ele.
Então ele sentou à minha frente e perguntou:
- Tio o que esta fazendo?
- Estou lendo uns e-mails.
- O que são e-mails?
- São mensagens eletrônicas mandadas por pessoas via Internet (sabia que ele não ia entender nada, mas, a título de livrar-me de maiores questionários desses):
- É como se fosse uma carta, só que via Internet.
- Tio você tem Internet?
- Tenho sim, essencial ao mundo de hoje.
- O que é Internet ?
- É um local no computador, onde podemos ver e ouvir muitas coisas, notícias, músicas, conhecer pessoas, ler, escrever, sonhar, trabalhar, aprender. Tem de tudo no mundo virtual.
- E o que é virtual?
Resolvo dar uma explicação simplificada, novamente na certeza que ele pouco vai entender e vai me liberar para comer minha refeição, sem culpas.
- Virtual é um local que imaginamos, algo que não podemos pegar, tocar. É lá que criamos um monte de coisas que gostaríamos de fazer. Criamos nossas fantasias, transformamos o mundo em quase como queríamos que fosse.
- Legal isso. Gostei!
- Mocinho, você entendeu que é virtual?
- Sim, também vivo neste mundo virtual.
- Você tem computador?
- Não, mas meu mundo também é desse jeito...Virtual. Minha mãe fica todo dia fora, só chega muito tarde, quase não a vejo, eu fico cuidando do meu irmão pequeno que vive chorando de fome e eu dou água para ele pensar que é sopa, minha irmã mais velha sai todo dia, diz que vai vender o corpo, mas não entendo pois ela sempre volta com o corpo, meu pai está na cadeia há muito tempo, mas sempre imagino nossa família toda junta em casa, muita comida, muitos brinquedos de natal e eu indo ao colégio para virar médico um dia.
- Isso é virtual não é tio???
Fechei meu notebook, mas não fui a tempo de impedir que as lágrimas caíssem sobre o teclado. Esperei que o menino terminasse de literalmente de "devorar" o prato dele, peguei a conta, e dei o troco para o garoto, que me retribuiu com um dos mais belos e sinceros sorrisos que já recebi na vida
- Brigado tio, você é legal!
Ali, naquele instante, tive a maior prova do virtualismo insensato em que vivemos todos os dias, enquanto a realidade cruel rodeia de verdade e fazemos de conta que não percebemos !"
(recebido por e-mail)
==
Resolvi partilhar convosco esta história que recebi por mail e que achei linda. Aproxima-se aí o dia Mundial da Criança. Mas, muito mais importante que festejarmos uma determinada data, é que consigamos colocar um sorriso, nem que seja só um, na cara de um menino triste!
As crianças são o melhor do mundo, cabe-nos a nós adultos, fazermos com que a vida delas seja o melhor possível.
Boa semana para todos e que não percamos nunca aquele bocadinho de criança que existe ainda em cada um de nós.
===
ps: 30/05/06
Bem a propósito, e quem sabe, a nossa dica para começarmos a colocar sorrisos, vejam o pedido que circula na net (confirmei a veracidade dos factos, pois é perto de onde trabalho):

«Caros amigos do Porto... e de outros locais do país (há sempre uma forma de
fazer chegar as coisas)


Se souberem de alguém que já não precise de roupa de bebé e coisas afins,
se quiserem, podem deixar as coisas na BP do Fluvial, ao cuidado do Sr.
Paulo Ribeiro. É o pai dos 4 gémeos que nascerem esta semana no Santo
António.
Precisam de toda a ajuda possível.
Se não sabem fiquem a saber que estes pais ao contrario de Espanha em que
estes casos sao logo patrocinados pela Prénatal etc cá ninguem ofereceu
nada! Tempos de crise? "Moleza" à portuguesa? Ao menos nós vamos fazer
qualquer coisa ok?

Os gémeos moram no bairro social em frente. A mãe está desempregada e o pai
é lavador de carros na BP.»

Morada para envio das coisas:
POSTO BP FLUVIAL
ATN: SR PAULO RIBEIRO
RUA DO CAMPO ALEGRE
4150 PORTO

ou melhor esta, a de casa dos pais:
SR PAULO RIBEIRO
Rua Domingos Alvão
Bloco B1 - entrada 112-3ºC
4150-278 Lordelo- Porto

NIB: 003502960000034220002 Caixa Geral de Depósitos

Os bébés nasceram a 2 de Maio e ainda estão no hospital
Eles precisam de tudo um pouco, e seria óptimo enviarmos mails para todas as empresas e marcas do ramo e tentar assim o maximo de ajuda possível.
Bjhs e bom fim de semana (ah ah amanhã vou rockar ah ah ah)
===
Resposta da Pré-natal
Este tipo de "alertas" são sempre bem-vindos à Prénatal, e é com prazer que informamos que já foram tomadas medidas. Só que não as publicitamos.
Tal como V. Exaª também pensamos que o importante é ajudar...

Melhores cumprimentos,
Pré-Natal - Soc. Unipessoal, Lda.R. de Santa Catarina, nº 584 4000-446 PortoTelf. 00 351 22 2071390Fax. 00 351 22 2026257
www.prenatal.pt

43 Comentários:

Às 29 maio, 2006 , Anonymous batista filho disse...

Maresia, alma amiga, não resisti: vou pegar esse texto "emprestado" e divulgá-lo na Utopia FM, 104,9 - aqui de Planaltina, Distrito Federal, Brasil... para que, assim como tu, possamos espalhar essa mensagem tocante despertando consciências sobre problemas reais.
Um beijo e inté. Grato, grato, grato.

 
Às 29 maio, 2006 , Blogger Helder Ribau disse...

lindooooooooo

 
Às 29 maio, 2006 , Anonymous Bi disse...

Que linda e comovente história miga.. e tão verdadeira, infelizmente e para vergonha minha. Boa semana pra ti também. Beijos

 
Às 29 maio, 2006 , Blogger Adryka disse...

Olá amiga, nãon só é linda como também é tocante marca qualquer pessoa esta estoria. Beijinhos querida amiga e boa semana

 
Às 30 maio, 2006 , Blogger Elise disse...

por vezes podemos fazer a diferença na vida de uma criança. nem sabemos como.

beijos amiga

 
Às 30 maio, 2006 , Anonymous Mily disse...

Minha linda! Recebi de um amigo essa história que me comoveu bastante, justamente pelo registro dessa 'indiferença' que está a grassar pelo mundo, deixando de lado os problemas reais de pessoas reais. A visão que este garoto tem da própria vida é de comover qualquer coração, principalmente por nos trazer à consciência uma situação que é de âmbito mundial, que são crianças vivendo sem nenhuma perspectiva de uma vida decente. Triste isto tudo, meu anjo, mas tão real!

Deixo-te hoje um beijo terno, um pouco triste por conta da leitura de tua postagem que chega em momento oportuno, quando se pretende comemorar o Dia Mundial da Criança, sem que muitas delas tenham uma vida digna para comemorar.

Uma semana onde teus sonhos possam encontrar o caminho da realização.

 
Às 30 maio, 2006 , Anonymous Mily disse...

Voltei porque esqueci de comentar a ternura das imagens que acompanham tua postagem... tão lindas, tão doces, tão ternas! Aquele primeiro garotinho todo sujinho junto do seu cãozinho... é tudo de mais lindo!

Quero agradecer também, meu anjo, pela delicadeza e carinho expressos no teu comentário. Também adoro frequentar a 'ilha' do nosso querido Batista. A gente nunca sai de lá da mesma forma que entrou, pois além de ser um lugar de 'aprendizagem', é um lugar onde se 'vive' a verdadeira poesia. Retribuo tua gentileza, minha linda, dizendo com a maior sinceridade do meu coração: também amo visitar o espaço de vocês dois!

Deixo mais beijos, mais sorrisos, e mais flores... pedindo ao vento para deixar alguns lá na Ilha do nosso amigo quando por lá passar, sussurrando para ele que somos nós duas que estamos a mandar, ok? (risos) Te adoro, meu anjo... e tu sabes disto!

 
Às 30 maio, 2006 , Blogger greentea disse...

tantos meninos, tanta gente que vive em mundo virtual...

e seria tão fácil ajudar um pouco

um vestido ou um par de sapatos a menos, uma não ida ao cabeleireiro ou à esteticista...

 
Às 30 maio, 2006 , Anonymous Princesa disse...

Sim!!!
Campanha um menino = um sorriso!

Só por isso já tudo valeria a pena...

Grande beijo querida Maresia, obrigada por partilhar esse texto hoje.

Abraço, Princesa

 
Às 30 maio, 2006 , Blogger Adryka disse...

Beijinhos ó simpatia :)

 
Às 30 maio, 2006 , Anonymous Sofia disse...

Tens toda a razão Quina, é mais fácil vivermos num mundo virtual, é tudo no faz-de-conta.. Adorei este teu post! Beijocas amiga

 
Às 30 maio, 2006 , Anonymous paraquedista disse...

Uma bonita história, dentre muitas que poderíamos procurar e encontrar neste mundo muitas vezes virtual. Boa sorte "Maresiaazul."

 
Às 30 maio, 2006 , Anonymous Anónimo disse...

a vida é engraçada, as coincidências que nos batem à porta, como quem não quer nada, deixando-nos um alerta, dizendo como podemos ajudar e sermos mais humanos.. aqui está, diante dos meus olhos.. obrigado quina por me teres aberto os olhos. Beijocas na bochecha
Fernanda C.

 
Às 30 maio, 2006 , Blogger AS disse...

Maresia... palavras para quê? Es tuas palavras dizem tudo!...
Na verdade cada um de nós pode sempre ajudar a minorar dificuldades que cada vez mais afligem tantas pessoas... especialmente as crianças!

Este teu post emocionou-me!

Um abraço

 
Às 30 maio, 2006 , Anonymous Áurea disse...

Linda e comovente história - a desse menino!
Obrigada Maresia-Mar, por partilhá-la...
Gostei de visitar o seu "cantinho" que me surpreendeu agradavelmente pelos seus conteúdos esclarecedores e poéticos! Hei-de visitá-lo mais vezes

 
Às 30 maio, 2006 , Anonymous mar disse...

É bom saber que ainda ha gente solidária....:)
beijos

 
Às 30 maio, 2006 , Blogger Terra & Sal disse...

Olá Maresia:
A história choca e comove mesmo.

Efectivamente, nós que andamos pelas "fibras e ópticas electrónicas" que nos transportamos por todo o mundo, e trazemos a qualquer hora do dia ou da noite, com chuva ou calor, o mundo até nós,somos de algum modo aquele menino nas suas desventuras...

Não deixamos de ser de algum modo como ele criança, nos seus desejos e na sua fome, no seu desconhecimento também.

Nós apenas temos a oportunidade de "controlar" a nossa sede, a nossa fome, e até o nosso desconhecimento.

Quantos meninos, cá e no resto do mundo, nascem e vivem um virtual uma vida inteira, quantos de nós e noutros moldes, não o fazemos também?

Tal como na história, vivemos muitas vezes na esperança que é um desejo, de que um dia a Luz brilhe para todos, do mesmo modo.

Gostei muito
Beijos

 
Às 30 maio, 2006 , Blogger Delfim Peixoto disse...

Adorei!
bjnhs doces

 
Às 31 maio, 2006 , Blogger greentea disse...

ontem não vi esta história dos quatro gémeos

mas amanhã vou pôr no meu blog.

já não tenho roupas de bebé mas logo se vê o que se pode arranjar.
E como se manda????

 
Às 31 maio, 2006 , Anonymous Mily disse...

Amiga, passando pra deixar um beijo de flores enfeitando tua tarde. Que os anjos digam 'amém' a tudo de bonito que hoje pensares.

 
Às 31 maio, 2006 , Blogger Poesia Portuguesa disse...

Eu vi a reportagem na TV. E pensei, daqui a dias, ninguém se lembra e eles têm 4 filhos de uma assentada para criar. O meu Jorge(o meu filho, como sabes) disse-me algo assim. O Governo é que devia ajudar esta gente! Gastam tanto dinheiro em tanta coisa errada... e, eu fiquei triste... por aquela família, e pela gerações futuras, porque futuro terão?

Recebo tb um mail a pedir ajuda. Não tenho bebés, mas tenho vontade de ajudar. Alguma até já seguiu... por uma via directa...

Um abraço carinhoso ;)

 
Às 31 maio, 2006 , Blogger greentea disse...

logo q souberes poe no blog ;
o melhor é realmente tentar saber o q é mais urgente e pores em post e eu divulgo tb
bjs

 
Às 31 maio, 2006 , Blogger Elise disse...

já estás a aquecer para sexta? :)

 
Às 01 junho, 2006 , Anonymous fa disse...

...mas as crianças meu Deus porque lhes dás tanta dor???
Como posso ajudar?para onde mandar?.
Beijos, fica bem.

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger greentea disse...

já fiz um post para os quadrigémeos!!

só falta as moradas para se mandar as coisas,

bjs

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger greentea disse...

já agora , maresia, vê se sabes a data de nascimento para mandar mails à Nestle, Milupa, benneton, prenatal , etc pode ser q se convençam a mandar alguma ajuda mais...
bjs para ti

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger maresia_mar disse...

ok kida, vou ver se sei isso tudo daqui a pouco,
Bjhs

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger Folha de Chá disse...

Olá. Em primeiro lugar, quero agradecer-te pela visita ao Cha.
Em segundo lugar, queria saber o que é que se poderá fazer por esta família. Deixar € no sr. Paulo Ribeiro, coisas para crianças?

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger Adryka disse...

Olá Alegria hoje é o nosso dia:) beijokas

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger maresia_mar disse...

Toda a ajuda é benvinda! Claro que se for €, deve ser melhor, assim eles vão comprando conforme forem precisando... a vida com 4 filhos para este jovem casal não vai ser nada fácil se não tiverem ajuda. Bjhs já sabem, amanhã estou em terras de mouros ah ah .. Rock in Rui, eu Vou ah ah... Invejosos? Claro que não, felizes por mim isso sim ah ah... Bjhs e abraços

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger a lice disse...

Infelizmente ainda há muitas crianças a não ter infância...:(

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger Elise disse...

ninguém consegue arranjar o NIB deste casal?

 
Às 01 junho, 2006 , Blogger Micas disse...

Sim, é o mais importante e principalmente que não seja apenas num dia do ano...

Posso usar o texto dos bébés? vou colocar no Ser Humano.

Beijinhos

 
Às 02 junho, 2006 , Blogger Andreia Ramos disse...

simplesmente me arrepiaste! :-( beijinho!

 
Às 03 junho, 2006 , Blogger dakidali disse...

Uma história de ficar com a lágrima no canto do olho e de alma cheia.
Beijinhos

 
Às 03 junho, 2006 , Blogger Isa&Luis disse...

Olá menina,

gostei da historia e das lindas imagens.

Sobre os gemeos, toda ajuda será bem vinda.

Beijinhos fofos

Isa

 
Às 03 junho, 2006 , Anonymous Fallen Angel disse...

Uma joca fofa e um excelente fim de semana.

 
Às 05 junho, 2006 , Blogger greentea disse...

falar neste caso postar no blog
sempre dá algum resultado...

ora viste!!!!


vale sempre a pena.

beijinhos . já passo a informação para o meu blog.

 
Às 05 junho, 2006 , Blogger maresia_mar disse...

Micas, claro que podes, sem qualquer problema.
Bjhs para todos

 
Às 06 junho, 2006 , Blogger amigona disse...

Vamos ajudar...

 
Às 06 junho, 2006 , Blogger reflexoes depois disse...

Me emocionei com essa história.. tão próxima... em nossas portas.. em nossas vidas...
Beijos

 
Às 06 junho, 2006 , Anonymous Mily disse...

Amiga querida, passando na madrugada (aqui, 00h40m) para deixar-te um beijo e dizer que estou curiosíssima pra saber se gostastes do Rock in Rio a que fostes assistir com tanta animação.

Que os anjos dos sonhos dourados estejam aí contigo, colocando estrelas no teu sonhar.

Beijos doces no teu coração!

 
Às 16 março, 2007 , Anonymous Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. here

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial