Maresia-Mar

Este blog será parte de mim, o encontro de amigos e emoções. Serei eternamente criança, azul de alma e coração... O mar, o meu refúgio, o meu porto seguro!

segunda-feira, agosto 1

Ilhas Afortunadas...




Que voz vem no som das ondas
Que não é a voz do mar?
É a voz de alguém que nos fala,
Mas que, se escutarmos, cala,
Por ter havido escutar.
E só se, meio dormindo,
Sem saber de ouvir ouvimos,
Que ela nos diz a esperança
A que, como uma criança
Dormente, a dormir sorrimos.
São ilhas afortunadas,
São terras sem ter lugar,
Onde o Rei mora esperando.
Mas, se vamos despertando,
Cala a voz, e há só o mar.

(Fernando Pessoa in As Ilhas Afortunadas)

16 Comentários:

Às 01 agosto, 2005 , Blogger Menina_marota disse...

A música é linda... e as gaivotas não podiam faltar...

Um jinho terno e diverte-te ;)

 
Às 01 agosto, 2005 , Anonymous Friedrich disse...

Que linda maresia, com um poema de Pessoa que sabe sempre bem ler,ao som da música de fundo que nos deixam voar!

Beijos

 
Às 02 agosto, 2005 , Anonymous gaivotadaria disse...

Olá.
Onde está presente Fernando Pessoa cá estou eu...
Quanto às gaivotas elas dão-me uma ideia de liberdade que me atrai como se fosse um íman...
Beijinho.

 
Às 02 agosto, 2005 , Blogger maresia_mar disse...

Eu acho que não merecia uma surpresa assim.. como é que em tão pouco tempo a gente arranja amizades assim... amei o presente.. Obrigado para ti que já
és especial.. beijos

 
Às 02 agosto, 2005 , Anonymous Andreia disse...

Lindo o poema, as gaivotas (tem mesmo a ver contigo) e a música... passa um dia feliz e jinhos

 
Às 03 agosto, 2005 , Blogger Elise disse...

Querida amiga, obrigada por este post fantástico. jinhos

 
Às 03 agosto, 2005 , Anonymous Hoje chamo-me Mar disse...

Talvez por ter nascido junto ao mar, sinto que ele fala comigo. São conversas longas ao som da musica suave de um desfazer de onda.Bjs

 
Às 03 agosto, 2005 , Anonymous  disse...

Lindo poema kida amiga!
Faz-me bem á alma vir aqui a este teu cantinho.
Já não falta muito para ires de férias,(bem merecidas)para uma ilha lindaaaaa, vais amar e regressar com uma energia renovada.
Bjinhos e tudo de bom.

 
Às 03 agosto, 2005 , Anonymous Bi disse...

Que poema lindissimo, tambem me sinto tão bem aqui.. Beijos amiga, já falta pouco

 
Às 04 agosto, 2005 , Blogger Elise disse...

Vim desejar um bom dia e agradecer toda a tua gentileza e simpatia. Bem haja! :)

 
Às 04 agosto, 2005 , Anonymous batista filho disse...

Alguns temas são recorrentes, sem jamais perder o encanto!... o mar é um deles: ora é Ulisses, pelas palavras de Homero, numa viagem-retorno que parece não ter fim; ora é Pessoa, o Fernando, mas pode ser qualquer pessoa – tu, eu, nós -, qualquer um de nós, sem quase ou nenhuma pretensão, a não ser expressar o que o Mar-mãe, de todas as criaturas nos segreda, desde tempos ignotos. ##
“Que voz vem no som das ondas
que não é a voz do mar?”
Pra mim, que me perdoe Pessoa, o Fernando, a voz, nesse caso, é a tua, Maresia... mas bem que pode ser a de qualquer um de nós, inclusive a minha! # Um abraço fraterno.

 
Às 04 agosto, 2005 , Anonymous biga disse...

«Ilhas encantadas» bem podem ser as ilhas açorianas....e o que seriam delas e de nós se não fosse o mar e as suas «vozes»? Boa viagem para este «cantinho do céu».Beijocas

 
Às 04 agosto, 2005 , Anonymous biga disse...

Sou eu de novo, a biga...era para te dar o meu contacto se necessitares de alguma coisa em S.Miguel, mas não tenho o teu mail.Se tiveres oportunidade diz alguma coisa para o meu endereço.

 
Às 05 agosto, 2005 , Blogger maresia_mar disse...

Biga, já te respondi no teu Blog... Bom fim de semana, isto aqui está de fugir com os incêndios e as altas temperaturas..

 
Às 05 agosto, 2005 , Anonymous Maria do Ceu disse...

Como sempre é dificil comentar o seu blog, porque o bom gosto diz tudo. Bem Haja!! Cumprimentos, Maria do Céu.

 
Às 05 agosto, 2005 , Blogger Elise disse...

passei aqui, para desejar um bom fds.

Dentro do possível, porque está tudo a arder.

Ontem tirei fotos ao céu, parecia inverno!

:(

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial